Ilusão de querer mais

Sempre fui assim. Apesar do meu jeito grosso sempre soube ver os seus detalhes como ninguém. As mãos mais delicadas que já vi, um jeitinho de andar só seu, a orelhinha mais gostosa de dar aquela mordidinha, na verdade não sei como você conseguia ser tão sexy e ao mesmo tempo tão delicada. Sei que meu olhar não te diz quem eu sou, mas sou assim do meu jeito, roupa limpa e mente suja. Cheia de esperança você queria mais e eu aqui, pensando se poderia te dar mais sem fazer você acreditar que ganharia mais. Sempre vou ser assim, imprevisível.

Sobre Frederico Elboni

Pode me chamar de Fred. Chato e ranzinza por opção. Apaixonado pelo comportamento humano e suas facetas. Autor roteirista do Amor & Sexo da Globo. Apaixonado pelos conhecimentos empíricos da vida, sushi e nhá benta. Acredito fidedignamente na teoria que os sorrisos podem curar qualquer coisa. Agora, deixe-se envolver pelo blog e pare de olhar a minha cara de mamão. Ah, e autor do livro "Um sorriso ou dois".

Leia mais posts de Frederico Elboni Saiba mais sobre Frederico Elboni