O que estraga um relacionamento?

Todo mundo quer ter um relacionamento perfeito, mas eu? Só quero um que dê certo.

Começamos um relacionamento com o intuito de dar certo, de ter alguém para nos completar e principalmente ter uma parceria. Uma pessoa parceira que vá contigo desde pescar caranguejos no Alasca até comer o melhor Tiramissu do mundo.

Dentro disso separei os três motivos mais comuns para “estragar” um relacionamento que tem tudo para dar certo:

Dúvidas

”Você namora uma pessoa e essa pessoa não sabe se casa ou compra uma bicicleta?“

Não tem coisa pior do que ficar com alguém que não tem decisão, que não olha nos teus olhos e diz: “Quero ficar com você e nada mais”. Essa segurança é importantíssima para que possamos nos sentir seguros e assim darmos o nosso máximo, sem joguinhos, sem medos, sem ninguém só eu e você.

É simples, fique comigo se você realmente quer ficar comigo, não quer? Então me deixa ser feliz em outro lugar.

Comodidade

“Sabe quando a pessoa não termina com você só por…”

Na verdade essas pessoas têm “preguiça” de aguentar todo o transtorno que um término gera. Mas principalmente tem medo de ficar sozinha, medo de não ter com quem cozinhar, com quem ver um seriado…

E nisso essa pessoa pensa: “Vou ficar com ela até achar outra”

Resumindo a comodidade é a maneira mais fácil de não deixar as pessoas encontrarem a própria felicidade.

Rotina

A rotina não é só inovar, mas sim se preocupar com a felicidade do outro.

Digo, não precisamos mudar mas sim surpreender. Acho que não existe coisa mais gostosa do quer receber uma surpresa, desde um café na cama até um despretensioso “Sabia que eu ainda te acho linda?”

Você não precisa fazer tudo por mim, só demonstrar que se preocupa comigo, com os meus interesses e as minhas vontades.

Saber ceder, esse é o segredo. Um dia faço o que você gosta, outro você faz o que eu gosto. Um dia entendo a sua histeria sem motivo, outro você entende o meu mau humor por causa do trabalho. Um dia entendo a sua vontade de comer algodão doce as duas da manhã, outro dia você entende a minha vontade de ficar quarta-feira vendo futebol.

Então é assim…

Só eu e você, eu do meu jeito e você do seu. Nós dois juntinhos curtindo o que a vida pode nos proporcionar, sem joguinhos, sem medo, sem pensar.

E por fim é isso que a vida tem de melhor: Ser gostado pelo que se é.

Sobre Frederico Elboni

Pode me chamar de Fred. Chato e ranzinza por opção. Apaixonado pelo comportamento humano e suas facetas. Autor roteirista do Amor & Sexo da Globo. Apaixonado pelos conhecimentos empíricos da vida, sushi e nhá benta. Acredito fidedignamente na teoria que os sorrisos podem curar qualquer coisa. Agora, deixe-se envolver pelo blog e pare de olhar a minha cara de mamão. Ah, e autor do livro "Um sorriso ou dois".

Leia mais posts de Frederico Elboni Saiba mais sobre Frederico Elboni