O que ele quer?

“Pra mim éramos só amigos e agora ele quer ficar comigo, que isso?”

Amizade é uma relação afetiva, a princípio, sem características romântico-sexuais, entre duas pessoas. Legal e daí?

E daí que no fundo, bem no fundo eu até acredito que possa existir essa tal “amizade”, mas com certeza tem que haver uma coisa entre os dois: Antipatia física.

Entenda também que normalmente uma das partes está interessada em algo além da simples e pura amizade. Não existe amizade homem-mulher que ficam se ligando todos os dias, que mandam mensagens, que dizem estar com saudades e se existir é só de um dos lados.

Na maioria das vezes essa relação existe dada a um certo interesse e dentro disso são duas as possibilidades. Primeiramente vamos tentando criar um vínculo de amizade, pois temos um interesse direto em você e o jeito mais prático de se fazer isso é pegando intimidade, confiança e aos poucos demonstrando nossas qualidades. Já a segunda opção é visando às amigas, você fica amigo de uma menina supostamente “feia” e assim ela pode lhe proporcionar um leque de opções e oportunidades com as amigas bonitas.

Homens até podem ser amigos de mulheres, mas não amigos íntimos. Nós não somos suas amigas, não queremos ouvir com quem vocês ficaram e muito menos saber de quem vocês estão afim. Acredito que a amizade até possa existir quando o contato é superficial, mas é praticamente impossível um dos dois não ter interesse quando o caso fica mais próximo, íntimo e diário.

Alguns namoros que começam com muita amizade não passam pela etapa do tesão, conhecimento, descobertas e acabam pegando intimidade rápido demais, as vezes sendo mais amigos do que realmente namorados, mas são casos e casos.

Quando começamos a vida achamos que todos são nossos amigos e que nunca vão nos largar, sinto muito em dizer, mas amigos se contam nos dedos e olhe lá. São raras as pessoas que você realmente pode confiar, e com certeza essa mesma pessoa que você pensou: “Ah, mas ela é bem minha amiga, nunca faria isso” um dia vai te surpreender. Talvez sim, talvez não, mas a vida não é tão maravilhosa assim e confiança hoje em dia é algo que se “compra” às cegas.

Sei também que terá várias pessoas que pensarão: “Mas eu tenho amigos e tenho certeza que são só amigos, ok?” agora só falta saber se essas pessoas sabem diferenciar amizade de coleguismo. Existem casos e casos, e de forma alguma estou aqui para julgá-los, longe de ser uma verdade absoluta essa é a minha versão da história e história cada um faz a sua.

Como dizia um amigo:

“A amizade é acima de tudo, certeza, e é isso que a distingue do amor.”

Sobre Frederico Elboni

Pode me chamar de Fred. Chato e ranzinza por opção. Apaixonado pelo comportamento humano e suas facetas. Autor roteirista do Amor & Sexo da Globo. Apaixonado pelos conhecimentos empíricos da vida, sushi e nhá benta. Acredito fidedignamente na teoria que os sorrisos podem curar qualquer coisa. Agora, deixe-se envolver pelo blog e pare de olhar a minha cara de mamão. Ah, e autor do livro "Um sorriso ou dois".

Leia mais posts de Frederico Elboni Saiba mais sobre Frederico Elboni