O que é uma mulher difícil?

“Não entendo, vocês dizem que preferem as difíceis, mas quando tento ser difícil vocês vão lá e ficam com as outras.”

Ninguém sabe explicar, mas todo mundo gosta do que é mais difícil por parecer mais “conquistado/prazeroso” e felizmente ou infelizmente é assim que as coisas funcionam.

Você tem que saber que para completar outra pessoa é necessário se completar, e te garanto que não é forçando ser alguém que você não é que irá conseguir.

Antes de tudo vamos entender o que se seria uma “Mulher difícil”:

Uma mulher difícil não é aquela que não fica com ninguém na balada ou sai por ai dando fora em todos que aparecem. Uma mulher difícil é aquela que segue as suas vontades, que é segura, que tem postura de mulher e principalmente é autêntica.

Infelizmente na maioria das vezes se nasce assim, é como uma pessoa com charme ou uma pessoa divertida, ela é assim por natureza. Essa tal “dificuldade” não está presente na balada, pois se você chega em uma mulher e ela te dá um “fora”, é simples, você vai à procura de outra. A dificuldade vem depois, nos encontros, troca de mensagens, telefonemas, ficadas e assim por diante.

E sabe o que é mais fascinante em uma mulher dessas?

Que ela não te dá certeza da vitória, mas te faz jogar até o fim.

“Tá, então mesmo se eu tiver com vontade é melhor não fazer para ele me achar difícil?”

Antes de tudo não tente imaginar o que nós estamos pensando. A percepção dos homens varia muito de homem para homem. Um cara pode te achar super safada mesmo não fazendo nada, outro pode te adorar mesmo fazendo de tudo. E digo mais, na maioria das vezes quem define se você é “safada” ou não é a nossa cabeça e não as suas atitudes. (Eu disse maioria, ok?)

“Não vou fazer nada, vai que ele fala para os amigos?”

Entenda que se o cara é babaca o suficiente para contar tudo aos amigos ele também é suficientemente babaca para inventar coisas sobre você, então voltamos à estaca zero. Também é importante saber que quando gostamos ou temos certo respeito por alguém não damos detalhes do acontecido e sim tentamos ser sempre o mais evasivo possível.

Não existe coisa pior do que uma mulher que se faz de difícil, ela está afim, você percebe, mas ela insiste naquele joguinho retranqueiro, vulgo, “assim não”. Se for para fazer faça bem feito, diga não e tome esta postura até o fim, não fique provocando e depois querendo contornar a situação, pois não tem maneira mais fácil de pegarmos aversão a você.

Trocando em miúdos mulher difícil não é nada mais nada menos do que uma mulher bem resolvida.

Então após tudo isso só digo uma coisa: Seja você.


Sobre Frederico Elboni

Pode me chamar de Fred. Chato e ranzinza por opção. Apaixonado pelo comportamento humano e suas facetas. Autor roteirista do Amor & Sexo da Globo. Apaixonado pelos conhecimentos empíricos da vida, sushi e nhá benta. Acredito fidedignamente na teoria que os sorrisos podem curar qualquer coisa. Agora, deixe-se envolver pelo blog e pare de olhar a minha cara de mamão. Ah, e autor do livro "Um sorriso ou dois".

Leia mais posts de Frederico Elboni Saiba mais sobre Frederico Elboni