Diferenças entre um homem e um menino

Os dois podem fazer as mesmas coisas, mas o que diferencia é simplesmente a maneira de se fazer.

Homens também querem curtir, também querem pegar uma e outra por aí, mas a diferença é que um homem lhe deixa claro que só pode lhe proporcionar isso, uma simples e avulsa aventura.

Em um relacionamento as coisas se evidenciam, acho que a grande diferença é que um homem sabe cuidar da sua mulher e principalmente valorizá-la perante aos outros.

Meninos nem sempre sabem ceder, o que em minha opinião é um dos quesitos mais importantes em um relacionamento, saber ceder. Querem fazer tudo do jeito deles, não sabem dialogar, colocar as coisas na mesa e decidir o que é melhor para os dois. Claro que homens também têm a suas “manias”, mas no final fazemos o que tem que ser feito.

Ter um “pau” e dizer que é homem é fácil.

Ser homem é muito mais do que simplesmente quantas mulheres você já pegou na vida, na real ser homem não tem nada a ver com mulher. Ser homem é ser homem para você, ser integro consigo, se conhecer, saber que todo ato corresponde a uma consequência e entender que a partir do momento que você se enxerga como homem os outros lhe verão assim, como um homem.

Perdedor é o homem que precisa enganar uma mulher para conseguir comê-la. Gosto da sinceridade, até porque acho a maneira mais simples de sermos felizes e principalmente de deixarmos que os outros também sejam.

Melhor do que eu vocês sabem como eu gosto do “Vem que no caminho eu te explico” ou “O resto? O resto você deixa comigo”, gosto dessa vertente onde o homem dá a certeza. Não precisamos ter certeza sempre, mas precisamos demonstrar ter certeza sempre.

Homens também têm medos, mas a diferença é que não deixamos de agir por isso.

Com o tempo você começa a ver a importância de ter uma mulher companheira ao seu lado, bundas são legais, eu também acho, mas não é essa bunda que estamos imaginando que vai topar ficar comigo em casa fazendo nada quando eu estiver sem dinheiro.

Ser homem é saber respeitar o próximo sem deixar de fazer as suas vontades.

Sobre Frederico Elboni

Pode me chamar de Fred. Chato e ranzinza por opção. Apaixonado pelo comportamento humano e suas facetas. Autor roteirista do Amor & Sexo da Globo. Apaixonado pelos conhecimentos empíricos da vida, sushi e nhá benta. Acredito fidedignamente na teoria que os sorrisos podem curar qualquer coisa. Agora, deixe-se envolver pelo blog e pare de olhar a minha cara de mamão. Ah, e autor do livro "Um sorriso ou dois".

Leia mais posts de Frederico Elboni Saiba mais sobre Frederico Elboni