Ricardo Coiro

Ricardo Coiro

Vive entre o soco e o sopro. Morre de medo do morno e odeia caminhar em cima do muro. Acha que sensibilidade é coisa de macho e que estupidez é atitude de frouxo. Nunca recusou um temaki ou um café. Peca todo dia. Autor do livro Confissões de um Cafamântico.

Confira 144 posts de Ricardo Coiro

p-amar-e-ceder

Amar é ceder

Ela ama as músicas do Roupa Nova, e eu, apesar de achá-las tão emocionantes quanto os programas da TV Senado, somente para fazê-la feliz, […]

coiros2

Namore um homem que…

Namore um homem que bem antes das suas vizinhas invejosas – e até em dia de final de campeonato! – vai reparar em seu […]

p-coiro22

Nosso amor não enferruja

Ela coloca sete gotas de adoçante no fundo de um copo americano, despeja café até quase a boca, mexe com uma colherinha enferrujada e […]

p-coiro

Relacionamento é coisa séria!

“E aí, irmão, como você está?”, eu perguntei a um amigo que, felizmente, reapareceu em minha vida. E ele, depois do tradicional “Estou bem!” […]

juvenal

O amor de Juvenal

Há cerca de dois anos, meu pai colocou umas pontes no coração entupido. Não foi um período cheio de belezuras, acredite, porém, no hospital […]